Podemos ajudar?

Confira as principais dúvidas sobre o transplante capilar e nossos tratamentos.


A equipe é composta por um médico responsável e por quatro auxiliares.

O médico é especialista na área e a equipe é especializada.

É um procedimento de pequeno porte, muito pouco invasivo e sem necessidade de internação.

A técnica FUE (Follicular Unit Extraction) remove diretamente do couro cabeludo a unidade folicular pronta com punchs bem pequenos de 0,6 milímetros de diâmetro, que depois são levadas ao microscópio para serem lapidadas.

Geralmente da área acima da nuca do próprio paciente. O procedimento tem um resultado final natural, pois a técnica FUE, respeita a retirada de folículos de modo que a densidade da área doadora diminua, mas mantendo um equilibrando com a área receptora.

Não há cortes ou cicatriz com a técnica FUE.

O procedimento é minimamente invasivo, o que leva a poucas possíveis complicações. Entre elas, podemos enumerar: baixa integração dos novos folículos (principalmente em pacientes diabéticos e pessoas que fumam muito), pequenas zonas de insensibilidade e inchaço na testa nos primeiros três dias após a operação.

A queda de cabelo pode ser motivada por uma série de fatores, como predisposição genética, doenças endócrinas, alterações psicológicas, doenças autoimunes, traumas, infecções, uso de medicamentos e alterações da estrutura capilar. Desde os casos mais comuns, como a calvície masculina, até os casos mais raros, como a calvície feminina e a alopecia cicatricial, é necessário que o paciente seja submetido a uma avaliação médica que irá identificar a causa exata da queda. Apenas um exame clínico detalhado é capaz de indicar quem pode ou não fazer a FUE, por isso, é necessário que cada caso seja avaliado individualmente por um médico especializado.

Como o folículo transplantado não sofre com a ação do hormônio DHT, os fios transplantados não sofrem mais modificações. Porém, nada impede que outros folículos não transplantados e, que estejam sujeitos a esse processo de miniaturização, continuem promovendo o avanço da calvície.

Faça uma avaliação